Televendas (11) 4565 2001
carrinho
0 itens
R$
0,00
Total
Frete

12 Cadeiras (DVD)

12 stulev

Sinopse:

Sinopse 
Na Rússia Soviética, ex-aristocrata procura os diamantes escondidos pela sogra. Baseado no romance de Ilia Ilf e Evgueny Petrov. 
Campeãs de bilheteria, as comédias de Gayday venderam mais de 600 milhões de ingressos na URSS. 
 
Direção: Leonid Gayday (1923-93) 
Nascido em Svobodny, na Sibéria, Leonid Iovich Gayday alcançou imensa popularidade e amplo reconhecimento. Seus filmes quebraram recordes de público - "Braço de Diamante" (1968) atingiu a marca de 76.700.000 espectadores.Ainda hoje estão entre os DVDs mais vendidos na Rússia.Gayday ingressou no Exército Vermelho em 1942, foi ferido em 1943. Estudou interpretação, entre 1947 e 1949, no Teatro Dramático de Irkutsk. De 1949 a 1955 cursou o Instituto Estatal de Cinema (VGIK), formou-se diretor e foi trabalhar no Mosfilm. Mestre da comédia em ritmo acelerado, trabalhou com atores excepcionais como Georgiy Vitsin, Leonid Kuravlev, Mikhail Pugovkin, Savely Kramarov, Natalya Seleznyova, Natalya Krachkovskaya e sua esposa Nina Grebeshkova. Dirigiu 24 filmes, entre os quais vários clássicos: "Os Destiladores" (1961), uma adaptação cinematográfica do conto de O. Henri; "Gente de Negócios" (1962); "Operação Y e Outras Aventuras de Shurik" (1965); "Prisioneira do Cáucaso " (1966); "Braço de Diamante" (1968); "12 Cadeiras" (1970); "De Volta do Futuro" (1973); "Ímpossível!" (1975); "O Inspetor Geral" (1977).  
 
Argumento Original: Ilya Ilf (1897-1937) e Evgueny Petrov (1903-42) 
Ilya Arnoldovich Fainzilberg e Evgeny Petrovich Kataev nasceram em Odessa. Não se conheciam quando chegaram a Moscou em 1923 para trabalhar como jornalistas. Petrov era irmão do escritor Valentin Kataev; além de jornalista, trabalhou também como investigador criminal. Ilf e Petrov se conheceram em 1925 e logo constataram que em sua atividade profissional haviam reunido vasto material sobre as trapaças de novos empresários e funcionários do Estado cevados à sombra da NEP. Em 1926 começaram a escrever a quatro mãos um romance satírico sobre tais manifestações de ganância e individualismo extremado. Em 1928 estava impresso "As Doze Cadeiras" cujo sucesso popular foi instantâneo. Seu próximo romance, "Uma Alma Pura", apareceu também em 1928. Em 1931 ressuscitaram Ostap Bender, o herói-velhaco de "As 12 Cadeiras", para criar "O Bezerro de Ouro". Outras das obras mais conhecidas da dupla são "A América de Um Andar", escrita durante uma viagem no inverno de 1935-36 aos Estados Unidos, e "Tonya" (1937), que retrata a vida de cidadãos soviéticos obrigados a viver em uma sociedade capitalista.  
Música Original: Aleksandr Zatsepin (1926) 
O compositor russo Aleksandr Sergeyevich Zatsepin nasceu em Novosibirsk, na Sibéria. Em 1945 ingressou no Exército Vermelho. Autodidata, aprendeu a tocar vários instrumentos. Em 1947 entrou na Filarmônica de Novosibirsk. Depois se inscreveu no Conservatório de Alma-Ata. Graduou-se em piano, em 1956, ano em que criou a música para seu primeiro filme (Nosso Querido Médico, W. Almanov). Estabeleceu uma estreita e estratégica parceria com outro siberiano, o diretor Leonid Gayday, escrevendo, a partir de 1965, as bandas sonoras de todos os seus filmes. Em 1982 mudou-se para a França, mas retornou à URSS quatro anos mais tarde. Gosta de dizer: "Trabalhar em Moscou, descansar em Paris..." Compôs mais de 120 trilhas para cinema e televisão, entre elas as músicas de "Dusha" (Alexander Stefanovich, 1981) e "A Tenda Vermelha" (Mikhail Kalatozov, 1969), produção soviético-Italiana com Sean Connery, Claudia Cardinale e Peter Finch. 
 
Treze Formas Diferentes de Filmar "12 Cadeiras" 
A história de Ilf e Petrov recebeu muitas adaptações cinematográficas, cerca de 20. No Brasil foram exibidas apenas três: a de Mel Brooks, que levou o nome de "Banzé na Rússia", em 1970, a de Richard Wallace ("Está no Papo", 1945) e a versão da Atlântida, de 1957, com Oscarito. Segue o levantamento de 14 dessas obras: 
Dvanáct Kresel - Michal Waszynski e Martin Fric (1933), 
Polônia e Tchecoeslováquia 
Keep Tour Seats, Please - Monty Banks (1936), Inglaterra 
13 Stolar - Börge Larsson (1945), Suécia 
It's In the Bag! - Richard Wallace (1945), EUA, exibida no Brasil 
com o título "Está no Papo" 
As 13 Cadeiras - Franz Eichhorn (1957), Brasil, com Oscarito, 
Renata Fronzi e Zé Trindade. 
Las Doce Sillas - Tomás Gutierrez Álea (1962), Cuba 
12 + 1 - Nicolas Gessner (1969), Itália  
The Twelve Chairs - Mel Brooks (1970), EUA, exibida no Brasil 
com o título "Banzé na Rússia" 
12 Cadeiras - Leonid Gayday (1970), URSS 
Aranyborju - Miklós Szinetar (1974), Hungria 
Mein Opa Und Die 13 Stühle - Helmut Lohner (1997), Áustria

Gênero
Cinema Europeu
Direção
Idioma
Russo,
Legendas
Português,
Ano de produção
1970
País de produção
Duração
153 min.
Distribuição
Região
Aberto para todas as zonas
Áudio
Dolby Digital 2.0 - Russo
Vídeo
Tela Cheia 1.33
Cor
Colorido
Codigo de Barras
7898414001514
Tudo sobre o DVD
* Não recomendado para menores de 14 anos
Cotação
Muito bom
2 votos
Deixe sua nota
Ruim Regular Bom Muito Bom Excelente

Gostou de 12 Cadeiras?

Comente aqui!